Instituto Soja Livre

AgroBrasília 2019

Aconteceu entre os dias 14 e 18 de maio a AgroBrasília 2019, a Feira Internacional dos Cerrados, uma realização da COOPA-DF.

Vinculado ao estande da Embrapa, o Instituto Soja Livre marcou presença no evento e apresentou a parceiros e produtores seu mais novo lançamento, a BRS-7481, cultivar com alto potencial produtivo, ciclo precoce e resistente ao netatoide de galha, que será multiplicada pela Sementes Quati, prometendo grandes resultados para as próximas safras.

“Estamos lançando a BRS-7481, cultivar convencional que tem ótimas projeções produtividade aqui para a região central do Cerrado, acreditamos que dará muito certo no Mato Grosso também, talvez sendo equivalente com a cultivar BRS-8381 que já registrou médias de até 80 sacas por hectare. A soja convencional continua sendo um nicho muito atrativo para os produtores, visto que eles têm a opção de realizar um bom manejo para áreas de nematoides, rotacionar herbicidas em situações de resistência de ervas, além de obterem um diferencial na comercialização. As parcerias estão sendo positivas, muitos produtores procurando informações sobre o Instituto, principalmente sobre a situação do mercado e rentabilidade da soja convencional”.

Para Luiz Fiorese, Presidente da Fundação Cerrado e proprietário da Sementes Quati, também fala sobre suas perspectivas para a nova cultivar: “A BRS-7481 é uma nova oportunidade, um material excelente. No primeiro ano de plantio já apresentou sua performance. É um material de ciclo muito interessante para a nossa região do entorno de Brasília, para o Mato Grosso e várias outras regiões do país. Eu acredito que dentro de dois ou três anos essa variedade terá tanta fama e produtividade quanto a BRS-8381. Ela tem caixa muito alta e um excelente potencial de produtividade.” Sobre as vantagens de se produzir soja convencional, complementa: “Existe um nicho de mercado, e cada produtor pode optar por várias tecnologias. Mas o custo de se plantar a convencional é o mesmo para as outras; além disso não se paga royalties e ainda existe um bônus, que pode equivaler a uma safrinha de milho ou mais em lucro. Então o produtor tem que fazer as contas e ver como é compensador.”

 

A AGROBRASÍLIA:

Realizada pela Cooperativa Agropecuária da Região do Distrito Federal (Coopa-DF), a AgroBrasília – Feira Internacional dos Cerrados é uma vitrine das tecnologias para o agronegócio.

Trata-se de uma feira de tecnologias e negócios voltada para empreendedores rurais de diversos portes. Os visitantes encontram o que há de mais novo em máquinas, implementos agrícolas, insumos, pesquisas, biotecnologia, genética animal e vegetal, entre outros. Além de um espaço dedicado à agricultura familiar, onde são apresentadas tecnologias apropriadas ao setor, a AgroBrasília mantém também uma área permanente para o sistema de Integração Lavoura-Pecuária-Floresta (ILPF).

O Parque Tecnológico Ivaldo Cenci, onde a AgroBrasília está instalada, possui área de 500 mil m² e fica localizado à margem do km 05 da BR 251, sentido Brasília-Unaí, MG.

A Feira vem sendo palco de importantes debates, sobre os mais importantes temas ligados ao agronegócio. É um espaço para trocas de experiências e conhecimento, e se
caracteriza ainda, como a melhor oportunidade do ano para a realização de negócios.

O sucesso da Feira se consolida a cada nova edição com aumento significativo nos números de visitantes, negócios realizados e participação de expositores.

 

A COOPA-DF:

A Cooperativa Agropecuária da Região do Distrito Federal (Coopa-DF), com mais de 40 anos de história, tem como base de sua existência os desafios e conquistas que a fizeram se consolidar no cenário agrícola do Planalto Central. Surgiu com o Programa de Assentamento Dirigido do Distrito Federal - PAD-DF, região que se destaca pela alta produtividade de grãos. Atualmente, conta com 140 produtores associados.

Ao surgir no cenário agrícola, a Coopa-DF renovou e fortaleceu a esperança de centenas de produtores que souberam se unir para transformar a realidade em dias melhores para todos e, juntos, construíram uma das mais respeitadas cooperativas agropecuárias do país.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *