Instituto Soja Livre

Supermercado alemão bonifica agricultores de soja convencional

Valores referentes à safra 2017/18 começaram a ser pagos para quem comprovou que plantou convencional e não recebeu prêmio

Agricultores que plantaram soja convencional na safra 2017/18 começam a receber prêmios pelos grãos comercializados. Os valores são da LIDL, a maior rede de supermercados da Europa e foram direcionados para fomentar o plantio de soja livre de transgênicos no Brasil por meio do Programa de Incentivo à Soja Convencional. O programa é gerenciado pelo Instituto Soja Livre, Fundação Pró-Terra e Food Chain ID.

“A rede de supermercados alemã decidiu agir para favorecer a produção da soja convencional e, por isso, ofereceu prêmios de incentivo para os agricultores que não conseguiram receber mais do que na venda de soja transgênica nas safras anteriores”, explica Endrigo Dalcin, presidente do Instituto Soja Livre (ISL).

Dalcin observa que os agricultores que plantaram soja convencional em qualquer parte do Brasil e que conseguirem documentos comprobatórios, como recibo das sementes e cópias dos contratos que mostram que venderam sem prêmio, podem receber até US$ 9 por tonelada.

São cerca de US$ 702 mil dólares que chegaram ao País. O diretor da área de sustentabilidade da Food Chain ID, Augusto César Monteiro Freire, reforça que os agricultores também precisam preencher todos os requisitos de soja sustentável de acordo com a legislação brasileira.

“É a primeira vez que um varejista coloca dinheiro diretamente na mão do produtor rural. Apesar de o prêmio ser menor do que o pago pelas empresas, é vantajoso porque cobre custos que a soja convencional tem a mais que a transgênica”, explica Freire.

Inscrição

Os agricultores que quiserem pleitear o prêmio podem obter mais informações no Instituto Soja Livre pelos telefones (65) 3644.4215 e (65) 99917.2406, ou e-mail [email protected]. No Food Chain ID, o contato pode ser feito pelo telefone (51) 3021.7080 ramal 3017 ou via e-mail [email protected]. Nos dois casos, o sojicultor precisa mencionar o Programa de Incentivo à Soja Convencional.

Instituto Soja Livre

O Instituto Soja Livre é uma associação sem fins lucrativos que defende o direito de cada produtor de escolher a qualidade do grão que deseja plantar em cada safra.  O objetivo é fomentar o plantio de soja convencional, feito especialmente por pequenos e médios agricultores para atender um nicho de mercado importante.